01/05/10

33º Andamento



Sondagem sic: "Daria o seu subsídio de férias, para ajudar a pagar a crise?"

 Ora deixa cá ver, como vou responder a esta sondagem, sem ser malcriado, nem ferir algumas susceptibilidades, excepto à classe política, porque a esses senhores, só me apetece dizer uma coisa: e se fossem todos levar no cuzinho? ein? (é pah, se calhar até que isto não é insultar, pelo menos a alguns, digo eu!)
Então é assim:
1º - Não sei quem foi o mentecapto que teve tão brilhante ideia de propôr esta aberração.
2º - A tê-la, porque não foi ela dirigida aos políticos, e gestores públicos, que sacam quantias verdadeiramente vergonhosas, sabendo nós que a maior parte desses gajos não fazem a ponta de um corno para merecer tais maquias.
3º - Se, e repito se, tal aberração fosse de facto avante, será que de facto pagaríamos a crise? Ou não estaríamos a dar mas é uma folgazita aos tais, para poder esbanjar mais uns troquitos? ein?

Cá pra mim, quem devia ser obrigado a dar o dízimo para ajudar na crise em que todos vivemos, é quem é mais responsável pela dita: a classe política! Fácil de ver, né?
Eu não estou a dizer que o salário que essa tropa aufere, seja uma coisa do outro mundo; nã! nada disso (bem ... tirando o pormenor que os gajos de cá ganham mais que os gajos da espanha, frança e por aí fora ... não vejo de facto nenhum problema de maior ....); mas, e como se sabe, o problema nem é os salários, mas sim o que vem apenso aos mesmos, que têm nomes totalmente inocentes e que até nos dá a ideia que, coitaditos, merecem tais coisas: as ajudas e os prémios!
Ajudas, todos nós gostamos de as ter; o problema é que as ajudas a que essa cambada  tem "direito", é, como direi ..... um filho da puta dum valor que até proponho que se mude de nome para totoajuda; toto, não no sentido de tótó, porque se há tótós no meio disto, somo nós e não eles, mas mais no sentido do totoloto, com a vantagem de ser munta mais fácil acertar nas combinações! ou seja, o prémio (ajuda, neste caso) é sempre garantido.
Prémios, também gostamos todos de os receber, claro; mas, azar do caralho, só os recebemos quando efectivamente cumprimos objectivos e/ou metas que nos propuseram; no caso dos tais senhores, o prémio já é considerado uma instituição, logo todos têm direito a ele.
E já nem falo da quantidade de parasitas que passaram pelos governos e/ou assembleia da república, que devido a esse piqueno sacrifício, têm direito a escandalosas reformas e rebuscadas mordomias!
E, pergunto eu: ó meus senhores, de onde é que acham vocês que vem todo esse dinheiro?? ein?
Exactamente: vem dos descontos a que o povinho foi premiado por serem uns nabos e até quererem trabalhar!
Bem, e como já estou a ficar azul com esta merda, lá vou eu responder ao inquérito:

Eu, de facto daria o meu subsídio de férias ... caso o tivesse!
Daria, como já o fazia nos tempos em que o recebia, e com a mesma vontade e objectivo com que o gastava todo nas casas de alterne: a diferença é  que de lá eu saía bem mais satisfeito e, o fodido nunca era eu!

Tenham é juízo e façam pela vida: pela vossa (bem sei que nem é preciso lembrar, que eu sei que já fazem!!) mas sobretudo pela nossa!

E tenho dito!

3 comentários:

Xaninha disse...

caro intrometido:
1) nao tenho subsídio de férias...!
2) se tivesse nao dava, pk seria só para dar mais uns tostoes ao estado!!!

k reduzam as regalias aos chulos do parlamento..
isso sim, faria entrar mt dinheiro!!

até a merda do guterres é o comissário da puta k o pariu (dscp falar mal, mas isto revolta-me).
n fez um corno kd foi primeiro ministro, mas arranjou ali um tacho à maneira!!
Boi!

beijinho

Intrometido disse...

Xaninha:
a minha educação impede-me de comentar o teu comentário, que, a ser nos mesmos moldes,tornar-me-ia em algo que não sou, nem pretendo ser: um malcriado!


contudo, concordo contigo: PUTA QUE OS PARIU!!

eheheheheheh

Beijos e tal ...

Patife disse...

E muito bem dito.